Índice de ações da China atinge máxima de 5 anos com esperança de recuperação e estímulo

0
6
Setor de serviços da China expandiu ao ritmo mais rápido em mais de uma década em junho com flexibilização das medidas de bloqueio relacionadas ao coronavírus. As ações da China subiram pela quarta sessão consecutiva nesta sexta-feira (3), com o índice blue-chips (papéis mais negociados) tocando uma máxima em cinco anos diante das esperanças de uma recuperação na segunda maior economia do mundo à medida que Pequim lança mais estímulos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,93%, máxima desde julho de 2015, enquanto o índice de Xangai teve alta de 2,01%. Na semana, o SSEC subiu 5,8%, o melhor desempenho desde março de 2019, enquanto o CSI300 ganhou 5,8%, melhor semana desde novembro de 2015. O setor de serviços da China expandiu a seu ritmo mais rápido em mais de uma década em junho, à medida que a flexibilização das medidas de bloqueio relacionadas ao coronavírus melhorava a demanda dos consumidores, mostrou uma pesquisa privada nesta sexta-feira, embora as empresas continuem a cortar empregos. Os participantes do mercado esperam que Pequim apresente mais medidas de estímulo no segundo semestre se necessário, após os cortes de juros adotados pelo Banco Central. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,72%, a 22.306 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,99%, a 25.373 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 2,01%, a 3.152 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,93%, a 4.419 pontos. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,80%, a 2.152 pontos. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,88%, a 11.909 pontos. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,62%, a 2.652 pontos. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,42%, a 6.057 pontos. China ameaça retaliar Reino Unido Source: G1 Economia

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA