Itália começa a mirar 'fase dois' em meio à redução de mortos por Covid-19

0
4

País registrou o menor número de mortes em duas semanas e começa a pensar em estratégia para momento de reduzir isolamento. Autoridades ainda exigem que cidadãos fiquem em casa. Vista da Praça Duomo, em Milão, na Itália, neste domingo (5) Claudio Furlan/Dia Esportivo/Estadão Conteúdo A Itália registrou neste domingo (5) o menor número de mortes por Covid-19 em mais de duas semanas. As autoridades do país começaram a planejar uma segunda fase da batalha contra o coronavírus. A ideia é traçar medidas para quando for possível reavaliar o isolamento em segurança. O número de mortes no país chegou a 15.887, soma que corresponde a quase um quarto do total registrado no mundo. Porém, o aumento de 525 óbitos em relação ao dia anterior foi o menor balanço diário desde 19 de março. Há menos pacientes em unidades de terapia intensiva (UTI) pelo segundo dia consecutivo. “A curva atingiu um pico e começou a descer”, disse Silvio Brusaferro, diretor do Istituto Superiore di Sanità, o principal instituto de saúde da Itália. “É um resultado que temos que alcançar dia após dia.” “Se isso for confirmado, precisamos começar a pensar na segunda fase e continuar contendo a propagação desta doença”. Os números deste domingo mostram indícios de que as rígidas restrições à circulação e às reuniões públicas impostas em 9 de março na Itália conseguiram conter a epidemia, mas as autoridades alertam:. “Não abaixe a guarda, fique em casa”, disse Angelo Borelli, chefe do departamento de Proteção Civil, em um briefing diário. Initial plugin text Source: G1 Ciência e Saúde

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA