Lawrence Ferlinghetti, poeta americano, morre aos 101 anos


Poeta fez parte da Geração Beat que revolucionou a literatura americana na década de 50 e fundou a histórica livraria City Lights, em São Francisco. Lawrence Ferlinghetti, em foto de novembro de 2005
Henny Ray Abrams/AP/Arquivo
O poeta Lawrence Ferlinghetti morreu aos 101 anos nesta segunda (22). O artista americano fez parte da Geração Beat que influenciou a literatura americana na década de 50.
Ele vivia em São Francisco, na Califórnia, cidade em que fundou a famosa livraria City Lights.
A informação da morte foi confirmada ao jornal Washington Post pelo filho Lorenzo, que atribuiu a causa da morte à uma doença pulmonar.
“Ferlinghetti foi fundamental na democratização da literatura americana ao criar (com Peter D. Martin) a primeira livraria de brochuras do país em 1953, dando início a um movimento para tornar diversos livros de qualidade baratos amplamente disponíveis”, diz o comunicado publicado nas redes da livraria nesta terça (23).
Initial plugin text
Source: G1 Pop e arte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *