Nasa divulga primeiro vídeo de Perseverance, gravado pelo robô durante pouso arriscado em cratera de Marte


Cientistas que coordenaram a missão afirmaram que vídeo será por “muitos, muitos anos estudado”. Momento em que o robô Perseverance abre o paraquedas para diminuir a velocidade espacial e pousar em Marte.
Nasa
Cientistas da Nasa, a agencia espacial americana, divulgaram na tarde desta segunda-feira (22) o vídeo gravado pelo robô Perseverance durante o pouso histórico feito em Marte na semana passada.
“Esta é a primeira vez que somos capazes de gravar um pouso em Marte”, disse o diretor do Laboratório de propulsão a jato da Nasa, Michael Watkins.
Initial plugin text
O Perseverance pousou na superfície de Marte na quinta-feira (18), sete meses depois de a missão ter partido da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, em 30 de julho de 2020. O robô explorador é o mais sofisticado já enviado ao espaço.
Foto colorida do momento de pouso do robô Perseverance ao planeta Marte.
NASA/JPL-Caltech
Primeiras imagens e pouso
Perseverance envia primeira imagem colorida de Marte um dia após pouso difícil.
NASA/JPL-Caltech
Perseverance enviou as primeiras imagens coloridas e em alta definição de Marte na sexta-feira (19), um dia após pousar no planeta. Com 19 câmeras acopladas, o robô tem o maior número de câmeras em um único veículo já enviadas a uma missão espacial.
Em uma das fotos, é possível ver o céu visto de Marte. Outra imagem colorida mostra uma das seis rodas do robô sob o solo arenoso do planeta vermelho.
A Nasa também publicou nesta tarde uma foto colorida do momento da chegada de Perseverance ao local de pouso escolhido – a cratera de Jezero, região do planeta que já foi um lago há bilhões de anos.
O robô passará os próximos dois anos explorando a cratera de Jezero em busca de vestígios de vida que tenha existido no passado marciano.
Para a exploração, o veículo carrega instrumentos para coletar amostras, observar a geologia e transformar dióxido de carbono em oxigênio para viabilizar uma missão com humanos no planeta. Essa conversão será um dos passos essenciais para a Nasa conseguir levar astronautas em uma missão tripulada no futuro.
Uma das rodas do robô Perseverance, da Nasa, tocando o solo de Marte.
NASA
Veja o pouso do Robô Perseverance em Marte
Acoplado ao Perseverance também está o Ingenuity, um helicóptero de 1,8 kg com hélices que giram cerca de 8 vezes mais rápido do que um helicóptero comum.
Robô americano ‘Perseverança’ pousa no planeta Marte
Missões para Marte: por que 3 países chegarão ao planeta vermelho quase ao mesmo tempo
O primeiro foi o Sojourner, em 1997, seguido por Spirit e Opportunity, que desembarcaram no planeta em 2004. O último foi o Curiosity, que está no planeta desde 2012. Todos eles tiveram os nomes escolhidos em concursos nacionais.
O Perseverance, o novo robô que a Nasa enviou a Marte
Nasa
‘Sete minutos de terror’
A chegada do robô na cratera de Jezero é considerada o local de pouso mais perigoso já tentado em uma missão interplanetária.
Isso porque, para tocar o solo marciano, o Perseverance realizou uma manobra altamente delicada, chamada “sete minutos de terror”: nesse intervalo de tempo, o veículo teve de reduzir a velocidade de 20 mil km/h para 0 km/h.
Primeira imagem de Marte transmitida pelo robô Perseverance, que pousou no planeta nesta quinta (18).
Nasa
O veículo espacial da Nasa é o terceiro a atingir Marte em uma semana, depois das missões da China e dos Emirados Árabes Unidos.
Escolhido por um estudante do sétimo ano do estado da Virgínia, o nome Perseverance foi anunciado em março do ano passado. Alexander Mather teve a sugestão escolhida entre 28 mil inscrições feitas por alunos do ensino fundamental e médio dos Estados Unidos.
Entenda a Mars 2020
Os cientistas acreditam que havia em Marte, entre 3 e 4 bilhões de anos atrás, um lago onde hoje está a cratera de Jezero. O local tem sedimentos similares aos encontrados na Terra, que podem conter vestígios de organismos.
De acordo com a agência espacial americana, o Perseverance é um “cientista-robô” que pesa pouco mais de 1 tonelada. Ele conta com uma série de instrumentos: câmeras de engenharia, equipamentos nos braços, uma broca, uma estação meteorológica, instrumento de laser e câmeras para fazer panoramas coloridos, entre outros.
Especialista explica processo de pouso do robô da Nasa em Marte
VÍDEOS: mais notícias sobre ciência
Source: G1 Ciencias e Saude

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *