Umidade elevada da soja preocupa agricultores de Goiás

Uma cooperativa da cidade de Rio Verde, por exemplo, chegou a receber grãos com índice de umidade acima de 40%. O ideal é que não passe de 14% para não perder a qualidade. Umidade elevada da soja preocupa agricultores de Goiás
A chuvarada tem preocupado cada vez mais o agricultor de Goiás. Dos últimos 20 dias, 13 foram com chuva na cidade de Rio Verde, por exemplo.
Além do atraso na colheita, a chuva intensa provoca umidade nos grãos. Se eles forem colhidos úmidos, podem perder qualidade, principalmente por causa do ataque de mofo. E as consequências são um produto com menor valor no mercado.
Assista a todos os vídeos do Globo Rural
Uma cooperativa da cidade chegou a receber grãos com índice de umidade acima de 40%. O ideal é que não passe de 14%.
“Nós chegamos receber em torno de 400 mil sacas com essa umidade alta. Nos últimos três, quatro anos, é o ano que mais temos umidade generalizada na região”, conta Ângelo Thomaz Landim, superintendente industrial da Cooperativa Comigo.
Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima.
VÍDEOS: mais assistidos do Globo Rural
Source: G1 Economia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *